PÁGINA INICIAL

 

Certificação ISO 9001 no TCM-SP

O Tribunal de Contas do Município de São Paulo foi o 1º órgão público brasileiro a obter a certificação ISO 9001, em 11 de novembro de 1996. Aquele ano foi eleito pela Alta direção como o ano da Qualidade e foram criadas estruturas internas com o objetivo de elaborar e executar um plano para instituir o Sistema de Gestão da Qualidade. Foram realizados diversos estudos, treinamentos e capacitações, além de ter sido contratada uma consultoria externa.

Ao longo destes 25 anos o TCM-SP esteve sempre atento, se adequando e se atualizando em consonância com as novidades trazidas pelas novas versões da ISO 9001, refletindo as melhores práticas de gestão em seus processos de trabalho.

É fundamental reconhecer o papel dos inúmeros colaboradores que atuaram como servidores do escopo certificado, auditores internos da qualidade, facilitadores do ETQC ou coordenadores e coordenadores adjuntos do ETQC, engrandecendo o SGQ do Tribunal. Sua dedicação foi primordial para mantermos a certificação até os dias atuais.

Em homenagem ao Jubileu de Prata da certificação ISO 9001 no Tribunal de Contas do Município de São Paulo foi construído este hotsite, que permanecerá como fonte de informação constante sobre o nosso Sistema de Gestão da Qualidade.

Desejamos uma boa navegação e caso queira entrar em contato, clique aqui.

 

Escopo da Certificação

Sistema de Fiscalização e Elaboração de Relatórios Anuais da Administração Direta e Indireta do Município de São Paulo

 

Política da Qualidade

 Promover, alinhado ao direcionamento estratégico, o aperfeiçoamento contínuo das fiscalizações realizadas pelo Tribunal de Contas do Município de São Paulo, contribuindo para o aprimoramento da gestão pública e a melhoria dos serviços públicos prestados à sociedade, por meio de:

  • Atendimento permanente aos requisitos aplicáveis;
  • Qualificação contínua dos servidores;
  • Utilização de ferramentas e recursos tecnológicos apropriados;
  • Seleção de temas de fiscalização com base em critérios que combinem materialidade, risco, relevância e oportunidade;
  • Procedimentos de fiscalização aderentes às normas aplicáveis.

 

Certificado